A lógica capitalista da crueldade

Um dos motivos que me fez deixar de comer carne, e que cada vez mais me leva para uma redução do consumo de produtos de origem animal, é o processo brutal ao qual a indústria submete porcos, galinhas, bois, vacas e outros bichos. Além das condições grotescas com que são obrigados a sobreviver para satisfazer um hábito alimentar dito natural, esses animais ainda tornam-se vítimas da lógica capitalista da cruedade.

Hoje descobri a cânula ruminal, uma técnica digna das eras medievais e que, sob a carapuça da ciência e da tecnologia, vai ajudar a indústria da carne a ganhar mais dinheiro. O processo dá, literalmente, acesso permanente ao estômago de vacas e outros bichos, com o objetivo de analisar processos nutricionais e maximizar a produção de carne e de leite.

Ou seja, não bastasse a quantidade de bichos mortos a cada dia e todas as consequências para a saúde e para o meio ambiente já causadas por esse tipo de consumo, eles ainda encontram maneiras de tornar o processo mais penoso para os animais. As imagens falam por si só, mas quem quiser conhecer um pouco mais da técnica, tem informações em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-70542009000700060

As complicações desse método são variadas, de lesões na pele até a desidratação e desnutrição devido ao vazamento do líquido ruminal. Achou um absurdo? Lembra disso no próximo churrasco!

canula

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s